O ESTÚDIO DE DESIGN

O ESTÚDIO DE DESIGN


Um misto de modernidade e tradição, de autenticidade e criatividade, um relógio Baume & Mercier é o culminar de um processo longo de reflexão e trabalho de equipa equilibrados. A função do Estúdio de Design, dirigido por Alexandre Peraldi, é gerir o delicado desenvolvimento criativo de todos os novos relógios Baume & Mercier. O segredo do sucesso do departamento de produção integrada, localizado no coração da sede da Baume & Mercier, perto de Genebra, reside em encontrar o equilíbrio certo entre a estética definida pelo Estúdio de Design, em conjunção com as equipas de desenvolvimento de produto e as capacidades técnicas de produção, definidas pelos engenheiros do desenvolvimento técnico.


O processo de Design:

O processo que conduz à criação das colecções de relógios Baume & Mercier aspira a produzir uma fusão entre a visão contemporânea da Maison e as regras tradicionais do design de relógios, ao mesmo tempo que respeita o princípio da "proporção de ouro", sendo o símbolo Phi o logótipo da Maison.

Fontes de inspiração: 

Uma coisa que todas as colecções contemporâneas da Baume & Mercier têm em comum é o facto de retirarem sempre a sua inspiração original de um modelo histórico seleccionado a partir do museu da Maison. Estas interpretações livres, revisitadas pelo Estúdio de Design com talento e num espírito de modernidade, possibilitam estabelecer a personalidade de cada novo modelo, ao mesmo tempo que o incorporam com elegância na família sempre crescente das criações Baume & Mercier.

A alma das colecções: 

Assim, Linea, com as suas linhas puras, eternas, constitui na verdade uma extrapolação de um modelo de relógio de uma pequena "produção em massa" dos anos 1950. Foi usado um cronógrafo emblemático dos anos 1940 como motivo de ligação para a Colecção Capeland enquanto o modelo Hampton se estabeleceu como uma versão contemporânea de um modelo Art Déco com forma rectangular. A linha Classima, por seu lado, baseia-se no modelo de um relógio elegante, criado pela primeira vez nos anos 1960. Entretanto, a Colecção Clifton retira a sua inspiração de um relógio com um design puro, equilibrado que surgiu no catálogo da Baume & Mercier durante os anos 1950, a era dourada do relógio de pulso.

PROCESSO CRIATIVO: Uma vez seleccionada a peça de museu, em conformidade com a orientação a ser dada à nova colecção, o Estúdio de Design inicia a sua reinterpretação dos códigos, por intermédio de uns esboços a lápis feitos à mão, e depois continua o seu trabalho na forma de desenhos digitais 2D. Uma vez aprovadas as principais características estéticas pela gestão, começa o trabalho de estabelecer as dimensões finais.

TRATAMENTO 3D: A definição das dimensões finais requer o uso prévio de técnicas de design computorizadas, envolvendo software 3D. Estes desenhos são finalizados pelo Estúdio de Design, onde os engenheiros de desenvolvimento de produto asseguram a exequibilidade das escolhas técnicas realizadas. Uma vez validada esta fase, o Estúdio de Design inicia a formação dos modelos através de técnicas inovadoras, como a estereolitografia, uma forma de impressão envolvendo tecnologia de ponta, capaz de proporcionar volume físico a uma imagem 3D, através da produção de um modelo feito em resina sintética. Aplica-se, então, o acabamento relacionado com a aparência estética da caixa, com base num modelo de metal em tamanho real.

APERFEIÇOANDO OS PROTÓTIPOS: Uma vez validados os modelos de resina e de metal, produzem-se os primeiros protótipos dos mostradores, ponteiros e braceletes, para que o acabamento de cada modelo recém-criado possa ser melhor apreciado em pleno.

PRODUÇÃO: Após a inclusão do último melhoramento, os protótipos finais, montados com o mesmo cuidado e atenção que os relógios de produção normalizada, são analisados ao pormenor antes de serem sujeitos às várias verificações e testes de impacto, concebidos para garantir a sua qualidade e robustez (testes de desgaste - teste de desgaste acelerado - testes de força). Uma vez verificados todos os aspectos, pode-se dar início à produção. Durante a fase de produção e montagem, realiza-se um número elevado de inspecções para verificar a perfeita conformidade de centenas de componentes com as especificações definidas para cada relógio Baume & Mercier. A montagem final é realizada em conformidade com os procedimentos definidos nas nossas Oficinas de Relojoaria em Les Brenets, no coração da região relojoeira suíça, e respeita as rigorosas normas inicialmente estabelecidas pela família fundadora da Baume & Mercier em1830, personificadas pelo lema: "Aceitar apenas perfeição. Só fabricamos relógios da mais elevada qualidade." Os nossos relógios também passam por todos estes testes e verificações, de forma a garantir aos nossos clientes que cada um dos nossos relógios foi sujeito a um cuidado e a uma atenção constantes, durante cada fase da sua produção, montagem e embalamento.


Descubra os relógios Baume & Mercier



Relógios para homem 

Relógios para senhora 

LOCALIZADOR DE RELÓGIOS