POUCA ESPESSURA SINÓNIMO DE ELEGÂNCIA


Paradoxalmente, os relógios finos sempre forneceram aos relojoeiros os melhores meios para dar substância ao seu talento, ao mesmo tempo que também permitem aos seus proprietários revelar uma abordagem nobre e impecavelmente bem cultivada. A Baume & Mercier fabricou um número de relógios finos ao longo da sua história. Lançado inicialmente em 1965, o relógio ultrafino em ouro branco, alimentado por um movimento de micro-rotor de corda automática, ainda é um dos melhores exemplos desta paixão. Representando o derradeiro relógio clássico equilibrado, este modelo pertencente ao museu Baume & Mercier, inspirou a colecção Classima e deu forma ao seu sucesso.

 

Modelo histórico de 1965, colecção do museu Baume & Mercier

 

 

 

 

 

 

A colecção Clifton nasceu para satisfazer as necessidades dos homens das grandes cidades do mundo, que procuram um relógio intensamente masculino e identificável. A pedra angular da colecção, o modelo Clifton 1830, inspirado numa peça de referência de museu, personifica a visão da relojoaria, na qual a mestria manual desempenhada por artesãos qualificados transmite os valores tradicionais apreciados pela Baume & Mercier.

Para se manter fiel ao espírito do relógio a partir do qual é concebido, o modelo contemporâneo em ouro rosa é feito usando uma prensa como a usada pelos seus homólogos históricos. Apresenta um mostrador prateado acetinado sol, ligeiramente abaulado de uma forma antiquada, com algarismos e índices aplicados manualmente, complementado por um vidro de safira "chevé".


Descubra os relógios Baume & Mercier



Relógios para homem 

Relógios para senhora 

LOCALIZADOR DE RELÓGIOS