“Construir o seu próprio carro desportivo é o sonho de qualquer piloto, e é isso certamente o que o Cobra tem sido para mim.” - Caroll Shelby

Hoje, temos o prazer de partilhar uma nova celebração e uma nova parceria. Há 50 anos, o lendário piloto Carroll Shelby conseguiu uma vitória que mudaria o curso das corridas internacionais para sempre: o Campeonato Internacional de Construtores de GT da FIA de 1965. Ao fazê-lo, Shelby não só recuperou o prestígio das corridas automobilísticas americanas, como chamou à atenção do mundo para a sua maior criação: o emblemático Cobra.

Em conjunto com a Carroll Shelby Company, a Baume & Mercier orgulha-se de homenagear a lenda Carroll lançando uma edição limitada de relógios da coleção Capeland que capturam o triunfo mais duradouro do piloto. Inspirado por um cronógrafo monopulsante vintage, de 1948, exposto no museu Baume & Mercier, o nosso Capeland Shelby® Cobra distingue-se pelos detalhes retro, pelas suas linhas clássicas e funções de cronógrafo e taquímetro, pelo acabamento polido e acetinado e, em especial, pelos ponteiros com o logótipo Cobra especialmente produzidos artesanalmente para este modelo. Trata-se de uma elegância extrema imbuída de puro veneno de serpente.

E é aqui que a história começa.

Ford Motorsports History

Vocação para o sucesso

Antes de ter atingido fama como diretor de equipa e construtor, Carroll Hall Shelby ganhou o estatuto icónico como um dos pilotos americanos mais famosos da década de 1950. Em 1954, conquistou dezasseis recordes de velocidade internacionais e nos Estados Unidos. A revista Sports Illustrated nomeou-o Piloto do Ano em 1956 e novamente em 1957. Na temporada de 1959, Shelby atingiu o auge no desporto automóvel, correndo para a vitória da Aston Martin nas 24 Horas de Le Mans.

Mas o que Shelby não conseguiu ultrapassar foi um problema de saúde que tinha desde a infância. Um problema de coração teve os seus efeitos quando em fevereiro de 1960 - aos 37 anos - lhe foi diagnosticada uma angina peitoral. Depois de decidir encerrar a sua carreira de piloto no final da temporada de 1960, Shelby começou a pensar qual seria o seu próximo desafio fora do cockpit. Encontrou a resposta no desafio que colocou a si próprio de alterar a definição do carro desportivo americano.

Durante anos, Shelby alimentou calmamente a ideia de que um carro mais rápido, mais leve e mais ágil não só superaria os concorrentes europeus, como ofereceria custos de construção bastante mais baixos e, por conseguinte, acessíveis a um público mais vasto. Com os fundos de uma nova escola de condução no deserto da Califórnia, Shelby primeiro importou o British AC, acabando por o montar com um Ford V8 de 289 polegadas cúbicas e com outras melhorias. No entanto, isso foi apenas a base para seu objetivo final: um automóvel de estrada e de pista totalmente americano. O nome surgiu de um sonho que Shelby teve durante a noite e do qual despertou tempo suficiente para o rabiscar num bloco de notas que tinha à cabeceira.

Na manhã seguinte quando acordou viu o nome e percebeu logo que era o correto. Cobra.

Tal como a força motriz da nossa coleção, é com orgulho que a Baume & Mercier comemora todas as proezas de Carroll Shelby, incluindo a sua visão e o seu empreendedorismo. Fundada em 1830 como uma empresa familiar, a Baume & Mercier é reconhecida pelo design excecional, desempenho de longa duração e inovação de vanguarda - um espelho do caráter e atitude do próprio Shelby. A marca também foi premiada com dez Grand Prix da relojoaria e sete medalhas de ouro em exposições internacionais. Entre estes prémios, inclui-se o famoso recorde de precisão do Observatório de Kew de 1892, atribuído à precisão de um relógio Baume & Mercier que, durante uma década, foi imbatível.

O Cobra bate recordes

Na temporada de 1963, o Cobra e os seus motores de 289 polegas cúbicas dominaram uma série de corridas nos Estados Unidos, perdendo apenas uma corrida nos três primeiros anos em que competiram. Os bons resultados obtidos levaram Shelby e a sua equipa a extrair ao máximo a potência e o desempenho da sua máquina. Mas a recompensa acabou por chegar: o Campeonato Mundial de GT da FIA. Uma das chaves do sucesso seria um motor maior com capacidade para competir com os melhores da Europa. As regras da FIA que exigiam aos fabricantes a produção de, pelo menos, 100 modelos de cada veículo entraram em vigor. Foi com isso em mente que Shelby começou a trabalhar nos testes de um motor de 390 polegadas cúbicas, mas não foi suficiente. Por faltar pouco tempo para a temporada de 1965 da FIA, a alternativa foi criar um Cobra completamente novo. Para que isso acontecesse, Shelby recrutou a Ford, consolidando uma parceria que resultaria no Shelby a tomar a dianteira de todo programa de corridas GT da Ford - e num convite para converter o Mustang num Shelby GT350 road racer

Com um potente Ford V8 de 427 polegadas cúbicas no coração, o novo Shelby Cobra seria o veículo mais veloz jamais construído. O motor de 500 HP era tão pesado que foi necessário redesenhar completamente o chassis e aplicar molas helicoidais tubulares 5" mais largas para melhorar a condução. Foram montadas molas helicoidais a toda a volta e a carroçaria foi otimizada com guarda-lamas aerodinâmicos, o que permitiu pneus maiores e trilhos mais amplos. Em todos os aspetos, o 427 não foi apenas um salto para o Cobra. Marcou um novo capítulo para o carro desportivo americano, com características de desempenho, de travagem e uma potência bruta incomparável. A Baume & Mercier orgulha-se de prestar homenagem ao Cobra 427 em cada pormenor dos seus cronógrafos Capeland Shelby® Cobra. A sua caixa generosa foi concebida para refletir o estilo aerodinâmico das linhas da carroçaria do Cobra, enquanto os mostradores azuis e as faixas brancas transparentes se inspiram na imagem de marca do famoso Cobra, todos os detalhes foram escolhidos para expressar uma potência elegante. É a expressão máxima da performance, nascida a partir do ADN da criação Shelby mais venerada

Destinado à Vitória

Ao longo de toda a história das corridas, existem vencedores que mudaram países, fabricantes ou equipas. Alguns deles também mudaram completamente o desporto. Um desses casos é o triunfo de Carroll Shelby na temporada de 1965 da FIA. Juntamente com uma equipa de pilotos escolhida a dedo, Shelby entrou na corrida GT com um único objetivo: concretizar o seu sonho de conquistar os carros mais velozes e mais ágeis da Europa, e levar para a América o primeiro troféu internacional em 40 anos. O caminho para a glória exigia que Shelby ganhasse as melhores sete performances em 13 das 20 corridas, em que os pontos eram apenas atribuídos do primeiro ao sexto lugar. Na corrida de abertura em Daytona, Shelby arrebatou um 1.º lugar e um 1.º lugar na corrida seguinte, realizada em Sebring. A partir daí, a batalha foi travada com a Ferrari que, desde a sua fundação, tinha ganho o campeonato de GT todos os anos e o campeonato de construtores da FIA ao longo de 10 dos 12 anos anteriores.

Agora o mundo admirava a forma como a equipa Shelby lutava para se manter na dianteira, terminando em 1.º lugar nas corridas de Monza, Le Mans e Nurburgring. Cada corrida levava homens e máquinas ao limite numa batalha pela supremacia mais extrema que se possa imaginar. No total, Shelby terminou em primeiro lugar em 11 das 20 corridas, incluindo a corrida final em Bridgehampton. Nesta altura, a história já estava escrita. O Shelby americano foi coroado campeão de GT da FIA. Carroll Shelby foi a primeira pessoa a ganhar prémios como piloto, diretor de equipa e construtor. Uma proeza nunca mais repetida nos anais do automobilismo. Para honrar este marco sem precedentes, a Baume & Mercier criou relógios extraordinários para a coleção Capeland Shelby® Cobra, produzindo cada um deles como uma verdadeira edição limitada. Para comemorar o 50.º aniversário da vitória de Shelby no Campeonato Mundial da FIA, o cronógrafo em aço é limitado a 1965 relógios, enquanto o modelo em ouro rosa de 18 quilates é limitado a apenas 98 peças, em homenagem ao número de corrida do Cobra de Carroll Shelby.

Paixão na Execução

Cada relógio na coleção Capeland Shelby® Cobra é concebido para captar o espírito e o poder do Cobra com elegância.

Uma generosa caixa, disponível em aço inoxidável polido e acetinado ou em ouro de 18 quilates, cria uma moldura de assinatura para uma face rica em pormenores e cheia de personalidade. Assim começa uma homenagem à famosa imagem de marca do Cobra, combinando a sua clássica cor de competição - Guardsman Blue - com as faixas duplas transparentes de corrida, tão elegantes quanto históricas.

No centro encontra-se o emblemático logótipo do Cobra, integrado no ponteiro dos segundos para transmitir uma sensação de movimento constante, enquanto os ponteiros das horas e dos minutos assumem a forma de um gracioso volante do Cobra. O fundo da caixa em vidro de safira tem gravado o nome da coleção e a assinatura de Carroll Shelby.

Para aliar a excecional performance do Shelby à da Baume & Mercier, cada cronógrafo é montado de acordo com os nossos requisitos mais rigorosos. A qualidade e a precisão cumprem os padrões mais altos, com um movimento automático para fornecer uma precisão sem esforço. É uma coleção de edição limitada muito acima do esperado: destinada a ser valorizada e exibida com orgulho pelas gerações futuras. Exclusivamente criada para os apaixonados pelo desempenho e pelos pormenores e tão intransigentes como o próprio Carroll Shelby.

Momento único

Enquanto estava internado num hospital devido a um problema no coração, Carroll Shelby conversou com crianças com problemas semelhantes ao seu, incluindo crianças em lista de espera para um transplante de coração. A experiência comoveu-o de tal forma que Carroll empenhou-se em utilizar a sua fama e o seu dinheiro para ajudar essas crianças. Daí surgiu a Carroll Shelby Foundation, que angaria fundos para auxiliar as famílias de crianças com problemas cardíacos graves. Esta fundação expandiu-se e passou também a atribuir bolsas de estudo e oportunidades educativas para jovens carenciados espalhados pelos Estados Unidos. A Baume & Mercier sente-se honrada em apoiar a causa da Carroll Shelby Foundation através de um donativo empresarial e da criação de um relógio único para ser vendido em leilão. Este emblemático cronógrafo Capeland Shelby® Cobra tem um mostrador cinzento claro com faixas azuis Cobra, uma caixa em ouro vermelho de 18 quilates polido e acetinado, um bracelete em pele de crocodilo preta forrada a pele de crocodilo azul com escamas redondas e a assinatura do próprio Carroll Shelby no verso. Em linha com a fama da Baume & Mercier pela precisão excecional, este cronógrafo automático com função Flyback está equipado com um mecanismo mecânico suíço de manufactura de corda automática.

A Baume & Mercier apenas produzirá uma peça única deste relógio, tornando-o numa peça de coleção de valor inestimável. O licitante vencedor receberá ainda um quadro original Cobra assinado pelos membros sobreviventes da equipa Cobra de 1965, bem como um objeto pessoal que em tempos pertenceu a Carroll Shelby. Desejamos boa sorte a todos os que são suficientemente generosos para licitar e aguardamos com expectativa a sua generosa contribuição para a Carroll Shelby Foundation

SHELBY®, CARROLL SHELBY®, CARROLL SHELBY’S SIGNATURE & INITIALS®, CARROLL SHELBY’S PHOTOGRAPH, LIKENESS & VOICE®, Shelby Cobras trade dress, 289®,289 FIA®,427®,427 S/C® AND SHELBY COBRA “DAYTONA” COUPE® ARE REGISTERED TRADEMARKS AND/OR THE TRADEDRESS OF CARROLL SHELBY AND CARROLL SHELBY LICENSING, INC. (SHELBY). COBRA AND THE COBRA SNAKE DESIGNS ARE TRADEMARKS OF FORD MOTOR COMPANY USED UNDER LICENSE.

Descubra os relógios Baume & Mercier



Relógios para homem 

Relógios para senhora 

LOCALIZADOR DE RELÓGIOS